01 novembro 2013

MICOSES DA PELE

Micose na pele ou Dermatomicose é uma infecção da pele, e seus anexos (unhas e cabelo), provocada principalmente por dermatófitos. Estes produzem infecções chamadas de dermatofitoses, micoses ou “tinea” (no caso, tinea do pé). Os dermatófitos fungos que se desenvolvem apenas em tecidos queratinizados (queratina é a substância que constitui a camada mais superficial da pele).


A tinea do pé é uma das dermatomicoses com maior prevalência e incidência tendo uma estreita relação com o excesso de transpiração e o constante uso de calçado fechado. Esta infecção fúngica pode surgir com um aspecto esbranquiçado, macerado, com descamação e fissuras na zona entre os dedos.

As dermatomicoses são contagiosas e normalmente esse contágio é feito em locais como, balneários públicos, piscinas, entre outros locais onde haja contacto dos pés com superfícies húmidas.

De forma a evitar o contagioso e evolução da doença devem-se ter alguns cuidados, nomeadamente:
  • Lavar diariamente os pés, secando muito bem, em especial na zona entre os dedos (sem friccionar);
  • Trocar de meias diariamente;
  • Alternar de calçado diariamente, deixando-os sempre a arejar de um dia para o outro;
  • Não ande descalço em zonas húmidas, como as laterais das piscinas (onde existem águas paradas);
  • Usar cremes hidratantes e anti-transpirantes (se houver excesso de transpiração);
  • Não usar objectos pessoais de outras pessoas (tesouras, limas, meias, sapatos, etc.)...
         
Tratamento:

O tratamento vai depender do tipo de micose que estiver presente, os sintomas, a localização e a extensão da mesma. Antes de fazer qualquer tratamento por vezes há a necessidade de fazer uma exame laboratorial para que seja possível ter uma noção de que tipo de dermatomicose está presente na pele. 

Evite usar produtos/medicamentos que outras pessoas já usaram, pois nem sempre são os mais indicados.

Os tratamentos de eleição normalmente são cremes, loções, pós e em certos casos pode ser necessário medicação oral (comprimidos).

Esteja sempre atento aos seus pés!
Procure SEMPRE ajuda de profissionais qualificados!

      A vossa amiga e podologista,

      Joana Silva

Sem comentários:

Publicar um comentário