17 novembro 2010

Quem e o que trata a Podologia?



Quais as vertentes da Podologia?

Podologia Infantil
Desde que nascem, as crianças vão evoluindo e melhorando as suas capacidades de gatinhar, sentar, caminhar, saltar. Nem sempre essa evolução é feita da forma mais correcta e portanto é muito importante o acompanhamento precoce da mesma ao nível do membro inferior, em especial o pé, para prevenir a evolução e aparecimento de alterações estruturais e funcionais no mesmo.

Podologia Laboral
Com o stress do dia-a-dia, a correria de um lado para outro, as longas horas em pé, muitas vezes com calçado inadequado levam a que surjam problemas ao nível dos pés. Dessa forma, torna-se crucial uma boa e criterosa avaliação, para prevenir o aparecimento e/ou a evolução de patologias que na sua maioria conduzem a uma diminuição da qualidade de vida laboral.

Podologia Geriátrica
Os avós, por vezes, com o tempo perdem algumas defesas biomecânicas que são importantes para manter um caminhar ágil, descontraído e confortável. As alterações, as várias agressões e esta perda de defesas são extremamente significativas em pés idosos. Posto isto, a Podologia representa uma contribuição importantíssima para a melhoria da qualidade de vida.

Pé de Risco
Nesta definição entram, o Pé Diabético, Pé Traumático, Pé Reumático, entre outros. Várias são as alterações presentes em cada um deles, sendo umas mais específicas de determinado tipo de pé do que outras mais gerais. Verifica-se uma diminuição da sensibilidade, uma maior propensão para traumatismos (ex.: por alterações estruturais ósseas), etc. A atenção dada a cada um deles e o tratamento especializado é essencial para que se possam evitar complicações ao nível dos pés.

Podologia Desportiva
A prática de desporto é essencial para o bem-estar físico e psicológico do Ser Humano. Sendo que o pé tem duas funções de extrema importância, nomeadamente a de sustentação do peso corporal e equilíbrio, é crucial fazer-se um acompanhamento podológico a quem pratique desportos. Uma vez  que, devido aos constantes traumatismos e excessos de pressão e solicitação das pressões dos pés, podem surgir lesões nos mesmos. Estas lesões muitas vezes dificultam ou impedem a prática do exercício físico. O tratamento podológico preventivo do desportista ajuda a evitar o aparecimento de algumas dessas lesões, proporcionando uma melhor qualidade de vida e acima de tudo um melhor rendimento desportivo.

Quais as patologias em que a Podologia intervém?
  • Onicomicoses (micoses nas unhas);
  • Onicocriptoses (unhas encravadas);
  • Onicogrifoses (espessamento das unhas);
  • Dermatomicoses (micoses na pele, ex.: pé de atleta);
  • Verrugas;
  • Queratopatias (calos e calosidades);
  • Hiperhidrose (excesso de transpiração);
  • Frieiras;
  • Gretas / Fissuras;
  • Feridas / Úlceras;
  • Esporão do Calcâneo (no calcanhar);
  • Fasceíte Plantar (dor na planta do pé);
  • Hallux Abductus Valgus (joanetes);
  • Dedos em garra;
  • Neuroma de Morton;
  • Entorses;
  • Tendinites;
  • Pé Plano (quando o pé dá uma imagem de ligeiramente achatado);
  • Pé Cavo (quando a curvatura do pé é mais elevada do que o normal);
  • Heterometrias/Dismetrias (comprimentos diferentes dos membros inferiores);
  • Joelhos Varos/Valgos (joelhos mais unidos ou separados);
  • Entre outros…
A Podologista, Joana Silva

Sem comentários:

Publicar um comentário